Páginas

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Carta sobre a população de rua

A Comissão Comunidade de Fé a serviço da Vida Plena para todos juntamente com a Coordenação Arquidiocesana de Pastoral, diante de alguns fatos que afetaram a população de rua em algumas cidades de nossa arquidiocese, após consulta a todos os conselhos setoriais de pastoral, manifestam-se através da seguinte carta:

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Projetos contemplados pelo Fundo Arquidiocesano de Solidariedade

Aconteceu nos dias 8 e 9 de abril, em todo Brasil a Coleta da Solidariedade, o gesto concreto da Campanha da Fraternidade. Cada diocese fica com 60% desta coleta que no ano passado angariou o total de R$ 107.662,00. Assim, o Fundo Arquidiocesano de Solidariedade recebeu R$ 54 mil reais que foram divididos para os nove setores pastorais.


Nas reuniões dos Conselhos Setoriais de Pastoral foram avaliados e contemplados alguns projetos que visam a promoção de uma vida mais digna para nossos irmãos mais necessitados.  



Com os projetos entregues, a Coordenação Arquidiocesana de Pastoral repassou, no final do mês de janeiro deste ano as verbas para cada instituição que recebeu R$ 6.000,00, com exceção dos projetos do setor Mandu no qual a verba foi dividida entre duas instituições que receberam R$ 3.000,00 cada uma. 




No setor Alto da Serra foi contemplado o projeto do Asilo São Vicente de Paulo da cidade de Andradas. O objetivo da diretoria daquela instituição era a aquisição de colchões encapados, visto que grande quantidade dos idosos são acamados e os existentes já estavam desgastados devido ao uso excessivo.  A instituição recebeu os colchões no final do mês de fevereiro.

O setor Dourado que abrange as paróquias na região de Poço Fundo, aprovou o projeto que doará cadeiras de rodas aos asilos atendem aos idosos das cidades de Carvalhópolis, Turvolândia e Silvianópolis. Faz-se importante a aquisição de cadeiras de rodas para a locomoção dos idosos por si próprios ou com a ajuda de cuidadores a fim de evitar o isolamento e o surgimento de feridas decorrentes do longo período em que alguns ficam acamados. Em breve as fotos do material adquirido serão divulgadas.

No setor Extremo Sul que congrega as paróquias na região de Camanducaia e Extrema foi contemplado o projeto da Associação Nossa Senhora Rainha da Paz de Monte Verde, que necessitava de materiais e equipamentos do novo espaço interno para recreação das crianças em situação de risco que são atendidas por esta instituição.  Em breve as fotos da reforma serão disponibilizadas. 



O conselho pastoral do setor Fernão Dias que abrange as paróquias de Cambuí e região, contemplou o projeto de benfeitorias na Casa de Oração no bairro Furnas que atende aos eventos das paróquias do setor pastoral. Era prevista a reforma do forro e beirais do telhado. Em breve as fotos das benfeitorias serão disponibilizadas. 


Já no setor Mandu composto pelas paróquias da cidade de Pouso Alegre e Congonhal foram contemplados dois projetos: o da Pastoral da Rua e ampliação da Capela Sagrada Família da Fazenda da Esperança.

A Pastoral de Rua atuante na cidade de Pouso Alegre faz a promoção da higiene, alimentação e encaminhamentos das pessoas em situação de rua, além de providenciar documentos para torna-los aptos ao mercado de trabalho e também a tentativa da volta ao convívio familiar.


Com a verba recebida os membros da Pastoral de Rua adquiriu equipamentos para o bem estar dos atendidos na sede desta, além do conserto da lavadora de roupas e do carro que busca as doações. 



Logo disponibilizaremos as fotos da ampliação da capela da Fazenda
da Esperança.

O Instituto de Educação, Saúde e Cultura (IESAI) das Irmãs da Providência de GAP situado em Piranguinho teve seu projeto contemplado no setor Mantiqueira que abrange as paróquias de Itajubá e região. O instituto atende a pessoas com diabetes, câncer, depressão e trabalha na linha da autoestima com terapias de grupo e busca de uma alimentação mais saudável e natural.
O projeto apresentado foi da construção de uma caixa de captação da água da chuva que contribuirá no cultivo dos produtos orgânicos, uso nas terapias e limpeza no ambiente. Também será feito uma conscientização com os vizinhos que são camponeses, incentivando-os em novas possibilidades no uso da água, já que vivenciou-se secas severas nos anos anteriores.




O setor Pastoral Mogi que abrange as paróquias da região de Ouro Fino e Monte Sião contemplou o projeto da Sociedade São Vicente de Paulo de Borda de Mata que pretende comprar camas hospitalares, cadeiras de rodas e cadeiras higiênicas para que sejam emprestadas às pessoas enfermas e acamadas de baixa renda e/ou com dificuldades financeiras que não possuam condições financeiras de arcar com os custos de uma locação ou aquisição.







No setor Paraíso que é composto pelas paróquias de Paraisópolis, Brazópolis e região foi contemplado o projeto da APAE de Sapucaí Mirim que atende a 78 pessoas com necessidades especiais e seus familiares no setor educacional e ambulatorial. A instituição solicitou a verba para a colocação de toldos em frente ao refeitório e e fisioterapia visto que os antigos de lona encontravam-se em péssimo estado de conservação, danificados pela ação do tempo. 



O setor Sapucaí aprovou o projeto "Porteira da Casa Emanuel" que pretendia adquirir maquinário para funcionamento de uma marcenaria para montagem de mobiliário e de porteiras para as propriedades rurais. A instituição nasceu com o esforço de voluntários que uniram-se para manter aberto um albergue que atualmente atende mais de 4000 pessoas por ano. 





Todos esses projetos só foram possíveis graças à generosidade do povo de Deus atuante no nosso território arquidiocesano e que colabora com a Coleta da Solidariedade, comprometendo-se com o bem comum entregando o gesto concreto da Campanha da Fraternidade!

Que Deus, por intercessão de São Sebastião, abençoe copiosamente a todos!

* Com informações dos projetos enviados à Coordenação Arquidiocesana de Pastoral.